​​​ Vila Nova Canaã (MA)
 
Sustentabilidade_Atuacao_Social_Cultural_Iniciativas_Compensatorias_Realocao_Familia.JPGEm 2008, a ENEVA iniciou um programa de reassentamento associado à instalação da termelétrica Itaqui, no Distrito Industrial de São Luís (MA). O programa foi vencedor do Prêmio Eco na categoria Sustentabilidade em Novos Negócios, uma das mais importantes premiações no Brasil no reconhecimento de empresas comprometidas com os princípios e práticas de cidadania empresarial e do desenvolvimento sustentável.

As 36 famílias que encontravam-se na área destinada à usina e outras 59, residentes no entorno da futura planta, foram envolvidas. Preservar os
laços familiares e culturais desta comunidade, a Vila Madureira, e melhorar a infraestrutura de suas construções foram compromissos assumidos pela ENEVA nesta iniciativa.

Psicólogos, assistentes sociais, técnicos agrícolas, entre outros profissionais, acompanharam a transferência destes moradores para uma área escolhida por eles, no município de
Paço do Lumiar (MA), a 17 quilômetros do empreendimento.

Neste novo terreno de 25 mil metros quadrados, foi erguida a
Vila Residencial Nova Canaã. As famílias receberam casas com escritura, equipadas com eletrodomésticos - como computador, geladeira e televisão - e servidas por redes de água e esgoto. Além disso, a nova Vila ganhou igrejas, campo de futebol, parque infantil, escola, sede para associação de moradores, praça e mercado para comercialização dos produtos locais.

A ENEVA destinou para as famílias uma área de 60 hectares de solo fértil, onde foi implantado um Projeto de Desenvolvimento Agrícola – o Polo Agrícola. Este projeto viabiliza assistência técnica durante três anos, contemplando preparo de solo, fornecimento de insumos agrícolas e capacitação de mão de obra para produção. Para as famílias que não desenvolviam atividade agrícola, foi destinada uma área de seis hectares para o cultivo de horta comunitária.
 
 
Demanda (MA)
 
Sustentabilidade_Atuacao_Social_Cultural_Iniciativas_Compensatorias_Realocao_Familia.JPGO projeto inclui a realocação de 64 famílias da comunidade da Demanda, localizada no entorno do Complexo Parnaíba, para uma nova área com escola, posto de saúde, duas igrejas, espaço de convivência com campo de futebol, praça e centro comunitário. Ao final do projeto, cada família receberá um terreno com, no mínimo, 3 hectares de área com casa mobiliada, sistema de saneamento básico e rede elétrica. O programa de reassentamento foi proposto à comunidade com o objetivo de permitir a manutenção de seu modo de vida tradicional e oferecer condições de moradia mais adequadas, contribuindo ainda para a melhoria da qualidade de vida dos moradores. As casas foram entregues às famílias em fevereiro de 2016.
 
Os moradores da comunidade também participaram de cursos profissionalizantes, promovidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Maranhão (SENAR/MA). A realização desses cursos busca o aperfeiçoamento e a valorização das atividades agrícolas e de desenvolvimento socioeconômico da comunidade.
 
​​

ENEVA 2.0

Compartilhe esta página e seu conteúdo através das mídias sociais

 Acesso Rápido