30/06/2016 - ENEVA tem encerrada sua recuperação judicial

​​A ENEVA informa que a Justiça do Rio de Janeiro decidiu pelo encerramento de seu processo de recuperação judicial iniciado em dezembro de 2014 e homologado em maio de 2015.

O processo de recuperação judicial da ENEVA está entre os casos de reestruturação mais bem-sucedidos na história recente do Brasil. O processo foi ajuizado em dezembro de 2014 com o intuito de preservar a operação de geração de energia da companhia e reestruturar um passivo de aproximadamente R$ 2,4 bilhões em créditos concursais. O Plano de Recuperação Judicial foi aprovado pela maioria de seus credores em abril de 2015 e homologado pelo Juízo da 4ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro em maio do mesmo ano, apenas quatro meses após o pedido de proteção judicial ter sido requerido.

A rapidez e eficiência do processo de reestruturação da companhia só foram possíveis por meio da cooperação e do comprometimento de seus credores e acionistas, que se uniram em torno da adequação da estrutura de capital de companhia, garantindo seu futuro operacional e sua contribuição ao setor energético do país. O Juízo da 4ª Vara Empresarial entendeu que a ENEVA cumpriu todas as obrigações previstas no seu Plano durante o período da Recuperação Judicial e, portanto, decidiu pelo encerramento do processo.

Todos os credores trabalhistas, micro e pequenas empresas e credores quirografários com créditos até R$ 250 mil foram integralmente pagos em menos de 12 meses após o início do processo.

Após a realização destes pagamentos e do aumento de capital da Companhia concluído em novembro de 2015, restaram apenas 15 credores quirografários, de um universo de mais de 120 credores originalmente sujeitos à recuperação judicial, que receberão seus créditos em um prazo total de 13 anos.

"Hoje é um dia muito importante para todos nós na ENEVA. E tenho certeza de que para todos os nossos colaboradores e parceiros de negócios também. A Companhia não só cumpriu todas as etapas previstas em seu Plano de Recuperação Judicial, mas, principalmente, tem demonstrado importante melhoria de performance operacional e financeira, bem como a responsabilidade na gestão da sua estrutura de capital. Com a decisão da 4ª Vara Empresarial, damos mais um passo no projeto de construção de uma das maiores e mais importantes empresas privadas do setor de energia do País", afirma o diretor-presidente da ENEVA, José Drummond.

SOBRE A ENEVA

A ENEVA atua na geração e comercialização de energia elétrica e possui negócios complementares na exploração e produção de gás natural. A companhia tem, atualmente, capacidade instalada bruta de 2,2GW, estando assim entre as maiores empresas privadas de geração de energia elétrica no Brasil. A ENEVA possui ainda participação em blocos terrestres de gás natural na Bacia de Parnaíba.​




ENEVA 2.0

Compartilhe esta página e seu conteúdo através das mídias sociais

Para o Investidor

Acesse a área de Relações com os investidores da ENEVA e obtenha todas as informações
 

Contatos da Assessoria de Imprensa

 

 Acesso Rápido