​​​​​​​ Diferenciais Competitivos

Com oferta abundante em todo mundo, o carvão mineral é uma força energética importante nas matrizes elétricas dos países, em especial do Brasil que, segundo dados de novembro de 2011 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), já conta com quase 2.000 MW de capacidade instalada a base deste insumo.


De olho no grande potencial de desenvolvimento do Maranhão, que deverá chegar em 2019 com uma carga média de 2.391 MW, a ENEVA decidiu investir em dois grandes projetos no estado nordestino, com insumos energéticos diferentes: o Complexo Parnaíba, de 3.722 MW já licenciados, a gás natural,  em Santo Antônio dos Lopes, no interior m​aranhense; e a térmica de Itaqui, de 360 MW, a carvão mineral, localizada na capital São Luís.

A aposta da ENEVA na diversidade de fontes na matriz energética segue os passos do Plano Decenal de Expansão de Energia Elétrica (PDE 2019). Segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), a produção de energia elétrica a base de carvão passará de 2.500 MW, em 2011, para 3.200 MW, em 2019. A geração a partir desta fonte representa, atualmente, 1,6% da matriz de energia elétrica nacional, com dez usinas instaladas no Brasil.​


ENEVA 2.0

Compartilhe esta página e seu conteúdo através das mídias sociais

 Acesso Rápido