IMPRENSA

Eneva na Mídia

Blog Pedreiras – Parceria entre Governo Municipal e Orquestra Sinfônica Brasileira traz Projeto Conexões Musicais para Pedreiras


Secretários Municipais, representantes da rede pública e privada de ensino e instituições culturais, regentes, músicos e demais artistas, de Pedreiras e Trizidela do Vale atenderam ao convite da Prefeitura de Pedreiras, através da Fundação Pedreirense de Cultura e Turismo (FUP), para prestigiar a apresentação do Projeto “Conexões Musicais”.

Brasil Energia Petróleo – ANP aprova primeiros aditivos da PGN para conteúdo local


A ANP aprovou a assinatura dos termos aditivos para 11 contratos de concessão da PGN na Bacia do Parnaíba, incorporando novos índices de conteúdo local. Conforme antecipado pela Brasil Energia Petróleo a PGN e a Karoon foram as primeiras a fazerem a solicitação.

Brasil Energia – Modelo de despacho termelétrico precisa ser revisto, diz Eneva


O setor termelétrico brasileiro precisa buscar uma maior integração com a área de exploração e produção de gás natural no país e, assim, ter maior previsibilidade do ponto de vista do despacho térmico. Na opinião do diretor de Exploração e Produção da Eneva, Lino Cançado, o atual modelo é errático e precisa ser revisto. Ele citou as discussões no âmbito do subcomitê 8, do programa Gás para Crescer, como forma de permitir essa integração.

14 maio PDF 264 KB

Brasil Energia – Eneva e Gasmar fazem parceira em gás natural


A Gasmar e a Eneva firmaram um memorando de entendimento para estudar a viabilidade de exploração de acumulações marginais de gás natural na Bacia do Parnaíba durante um ano. O objetivo é atender as demandas de gás do Maranhão, além do suprimento para geração termelétrica.

11 maio PDF 88 KB

Canal Energia – Eneva tem lucro líquido de R$ 38,3 milhões no primeiro trimestre de 2018


A Eneva apurou lucro líquido de R$ 38,3 milhões no primeiro trimestre de 2018, frente a um desempenho de R$ 2,1 milhões em igual período do ano passado. Segundo a companhia, que divulgou balanço financeiro na última quinta-feira, 10 de maio, o crescimento do lucro é reflexo de disciplina financeira, com foco na reestruturação da dívida, redução de custos e melhora operacional dos ativos.

3 maio PDF 1 MB

O Petróleo – Por US$ 56,5 milhões o campo de Azulão foi vendido para Parnaíba Gás Natural


A Petrobras finalizou na segunda-feira (30/4) a operação de cessão da totalidade de sua participação no campo de Azulão (concessão BA-3), localizado no estado do Amazonas, para a empresa Parnaíba Gás Natural S.A, subsidiária da Eneva S.A.

PetroNotícias – Eneva planeja nova campanha de perfuração e declarar comercialidade de campos da 9ª rodada


O ano de 2018 tem apresentado projeções positivas de crescimento na economia. Neste clima, algumas empresas estão preparando novos investimentos, na esteira do sentimento de otimismo. É o caso da Eneva, que encerrou 2017 com lucro de R$ 146 milhões e para 2018 tem um planejamento bem sólido e robusto. “Este ano, vamos encerrar as análises nos ativos da 9ª Rodada, com expectativa de novas declarações comerciais”, revela o Diretor de Relações Institucionais e Regulatório da companhia, Damian Popolo. O executivo explica também que outro objetivo é atingir um índice de reposição de reservas anual de 100%. “Para alcançarmos essa meta, alocaremos R$ 50 milhões em 2018 na conclusão da 1ª fase da campanha sísmica da 13ª Rodada de Licitações, na Bacia de Parnaíba, com previsão de perfuração dos primeiros poços em 2019”, afirmou.

Reuters – Eneva avalia disputar leilão de energia com projeto de térmica no campo de Azulão


SÃO PAULO (Reuters) – A elétrica Eneva avalia inscrever em um leilão de energia que será promovido pelo governo neste ano um projeto para a construção de uma termelétrica na região do campo de Azulão, na bacia do Amazonas, adquirido pela companhia junto à Petrobras, disseram executivos da empresa à Reuters nesta sexta-feira.

PetroNotícias – Eneva fechou o balanço de 2017 com um lucro líquido de mais de R$ 146 milhões


A Eneva encerrou o ano de 2017 com lucro líquido ajustado de R$ 146 milhões, o melhor resultado da companhia para o período. No quarto trimestre o lucro líquido somou R$ 107,5 milhões, frente a prejuízo de R$ 1,4 milhões em igual período de 2016. O bom desempenho da Eneva, segundo a empresa, foi reflexo de uma rígida disciplina financeira, com foco na alocação correta de capital, redução de custos e melhora operacional dos ativos. A companhia chegou ao final de 2017 com 18,8 bilhões de m³ de gás em reservas 2P (prováveis e provadas), um aumento de 6% em relação aos 17,7 bilhões de m³ registrados ao fim de 2016. Com isso, a taxa de reposição de reservas foi de 170% no ano.

16 mar PDF 1 MB

Diário do Nordeste – Eneva registra lucro de R$ 146 mi


A Eneva divulgou, ontem (15), seus resultados de 2017, quando obteve um lucro líquido ajustado de R$ 146 milhões, o melhor resultado da companhia para o período. No quarto trimestre do ano passado, o lucro líquido ajustado somou R$ 107,5 milhões, frente a prejuízo de R$ 1,4 milhões em igual período de 2016. “O bom desempenho da Eneva é reflexo de rígida disciplina financeira, com foco na alocação correta de capital, redução de custos e melhora operacional dos ativos”, disse, em nota, a empresa.